11 4223-4343

TRT2

Presencial / Online

Local: Fórum Trabalhista Ruy Barbosa - Avenida Marquês de São Vicente. nº 235, auditório do 1º subsolo, São Paulo/SP

Encerrado
Participar online
Imprimir lotes

LOTE 0049

O IMÓVEL DE MATRÍCULA Nº 19.328 DO 2º CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS DE SANTO ANDRÉ/SP. CADASTRO MUNICIPAL: 08.179.001. DESCRIÇÃO: O terreno constituído pelo lote 01, da quadra 73-A, de Bairro Camilópolis, perímetro urbano da cidade de Santo André, medindo 6,00m de frente e linha reta para a Alameda sem denominação, por 19,20m em curva de concordância formada na esquina da Alameda sem denominação com a Avenida Varsóvia, por 19,00m do lado direito, de quem da Alameda sem denominação olha para o terreno, confrontando com a Avenida Varsóvia, por 30,00m do lado esquerdo, confrontando com o lote 02, e, nos fundos, mede 4,00m, confrontando com parte do lote 05, terreno esse localizado no lado direito da Alameda sem denominação, de quem partindo da esquina formada pelo encontro da Alameda sem denominação com a Avenida Varsóvia, seguindo pela Alameda sem denominação, vai atingir a Rua Antonina, encerrando a área de 316,10m². De acordo com AV.5, foi construído o prédio nºs 476 e 478 da Alameda Dr. Vieira de Carvalho, com uma área construída de 470,00m². De acordo com AV.7, o prédio objeto da averbação nº 05 teve um aumento de área, passando a possuir uma área total construída de 503,00m², e que obedece atualmente os nºs 476 e 478 da Alameda Dr. Vieira de Carvalho e nºs 1, 3 e 11 da Avenida Varsóvia (do tipo comercial). Certificou o oficial de justiça em 18 de janeiro de 2017: 'em estado regular de conservação'. OBSERVAÇÃO: HÁ DÉBITOS DE IPTU (R$ 132.150,14 até 19/09/2017). HÁ INDISPONIBILIDADE. HÁ ARROLAMENTO. Conforme despacho exarado pela Exma. Juíza Presidente da Comissão de Leilões Judiciais, verificou-se que o expediente restou silente com relação a eventual isenção dos créditos tributários para o arrematante, assim, ante a informação supra e nos termos do art.78 da Consolidação dos Provimentos da Corregedoria Geral da Justiça do Trabalho (Redação dada pelo Ato n. 10/GCGJT, de 18 de agosto de 2016), o arrematante adquire o bem livre de quaisquer ônus tributários, inclusive débitos de IPTU e IPVA, uma vez que se sub-rogarão no preço da hasta (art.130, parágrafo único do CTN e 908, §1º do CPC). VALOR DA AVALIAÇÃO: R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais).


Imagens meramente ilustrativas

Site Seguro

Site Seguro